Entre abril e junho de 2020, o comércio digital ganhou 5,7 milhões de novos clientes – ou seja, pessoas que fizeram compras online pela primeira vez. Os dados são da empresa de inteligência de mercado Neotrust/Compre&Confie. O varejo havia registrado uma queda de 35% no primeiro trimestre, por conta da pandemia, mas o e-commerce conseguiu minimizar o impacto total no mercado.

O segmento online cresceu cerca de 45% ao mês durante a pandemia e, em comparação com o desempenho de fevereiro, registrou um avanço de 41,5% em julho, no pico do isolamento social. Até mesmo a demanda dos Correios aumentou em…

Continue lendo em https://portaldacomunicacao.com.br/2020/08/e-commerces-apostam-em-conteudo-e-influenciadores-para-turbinar-as-vendas/